quinta-feira, maio 03, 2007

CGU aponta fraudes em repasses com 12 Estados

Inspeções feitas em liberações de R$ 454,2 mi apontam erros que vão da compra de jet ski com verba pública até indícios de fraude em licitação.

A Controladoria-Geral da União (CGU) detectou irregularidades em 100% das auditorias nos 12 Estados sorteados para serem fiscalizados. Nas inspeções de convênios e repasses de R$454,2 milhões feitos pela União para a execução descentralizada de programas nas áreas de Justiça e esportes, foram encontrados problemas que vão desde a compra de jet skis com dinheiro destinado para a polícia comunitária até indícios de fraude em licitações. As auditorias se referem a contratos e repasses do ano passado, portanto, antes da posse dos novos governadores e dos reeleitos, em janeiro. É a quinta vez que o órgão realiza apuração desse tipo. A íntegra dos relatórios está no site da controladoria. (...) Em Minas Gerais, os fiscais compararam preços pagos pela Secretaria de Defesa Social em duas licitações, feitas em anos seguidos, para a instalação de sistema integrado de monitoramento por câmeras de TV em 12 presídios. Observaram que, na concorrência mais recente, de 2005, os valores contratados estavam acima do mercado. O confronto entre preços de itens praticamente idênticos no primeiro contrato e na proposta da empresa vencedora da licitação revelou variação para mais de 36% - no período, o dólar variou 14%. A CGU identificou também que, depois de mais de dois anos, parte dos equipamentos do circuito integrado de televisão das penitenciárias estava sem uso, por falta de instalação.


As informações acima foram reproduzidas do jornal O Estado de S.Paulo, edição de 2/5/2007. Na mesma edição, foi informado que o jornal tentou sem sucesso entrar em contato com representantes do governo de Minas Gerais, e que o nosso Estado é um dos cinco que não se manifestaram sobre o assunto.

Curiosamente, apesar de estar bem claro, inclusive no site da CGU, que o convênio era com os governos Estaduais, as chamadas dos telejornais locais de hoje alertavam para "as irregularidades encontradas pela CGU em convênios firmados com algumas prefeituras mineiras."

E o Honorato ainda acha que não tem nada de errado nisso!

5 comentários:

Honorato disse...

E o nosso Lulinha? Também não gasta tubos com publicidade não? E as estradas federais devem estar um tapete, a Saúde nem se fala , todos tem o saúde da mais eficaz, e a educação é a melhor do mundo, nosso setor aéreo melhor ainda todos os vôos saindo pontualmente,e os gastos do Governo Federal também ninguem fala nada? E o filhinho dele que tem um contrato milionario com a Telemar? E a operação Tapa Buraco? remendos sem licitações? E os mensalões do PT tudo abafado. O Marcos Valerio sumiu né? e a CPI do Mensalão eita pizza maravilhosa, todo comprovado e ninguem preso, a imprensa nacional não fala mais nada tudo acabou bem para eles... e ai? Se vocês acham que Minas tem telhado de vidro, Lula também, apesar que ele não sabe de nada.

Honorato disse...

Amanha voltamos, e quem sabe para comemorar mais uma pizza a do Apagão Aéreo.

Clarice disse...

a mídia nacional não fala nada do lula?
AHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAH!!!

recomendo que vc se informe melhor, meu caro, leia http://votolula.blogspot.com/ com atenção, aproveite e dê uma passeadinha pelos links amigos...

HONORATO disse...

pode deixar que vou passar no VOTO LULA com muito prazer

HONORATO disse...

mas ninguem ainda me falou qual seria a solução de todos os problemas que vocês estão falando, saúde, educação,bons salários para o funcionalismo publico, aqui em Minas Aécio pegou um estado totalmente quebrado, graças ao senhor Itamar Franco(PMDB), e ao Dr. Newton Cardoso(PMDB), e hoje em dia os funcionarios publicos recebem os salarios em dia tem 13º pago pontualmente, e eu te digo isso pq eu conheço funcionario publico e sei do que estou falando, claro que todos querem um salário alto, e quem não quer, com muito trabalho as contas do estado chegou num patamar favoravel, claro que o estado tem suas dividas e mais é impagavel, como a do Brasil, mas com as contas em dia, o nosso governador tem conseguido trazer investimentos para cá e essa obras que estão sendo feitas em Minas e principalmente em Belo Horizonte com recursos do tesouro do estado com excessão da trincheira da Antonio Carlos que esta sendo investido com os 3 governos. Qual investidor iria apostar num estado se as contas não estivessem em ordem? se o estado estivesse quebrado igual na epoca do Itamar Franco(PMDB), periodo onde Minas não teve uma obra de destaque. Então será que Minas Gerais esta esse horror todos que vocês estão falando?